Na Lua

Ouço minhas verdades no silêncio da madrugada.
Sinto o vento sussurrar ao pé do ouvido razões para sentir,
me lembrando de que para ser é preciso crescer.
A lua se faz clara pelo meu desejo de vê-la.
A calmaria me traz as respostas a que anseio
Conversar comigo mesma me faz perceber o essencial.
Sabedoria de Deus plantada em meu coração.
A lua faz crescer, florescer tudo de mais belo aqui dentro.
A lua é testemunha das minhas descoberta necessária
assim, eu vou desvendando minhas próprias verdades.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: